15 de novembro de 2017

Viagem Beleza

ID Jovem, viaje de graça.


O que é

ID Jovem(Indentidade Jovem), é o documento que possibilita acesso aos benefícios de meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos e também a vagas gratuitas ou com desconto no sistema de transporte coletivo interestadual, conforme disposto no Decreto 8.537/2015.

Benefícios 

 Cultura, lazer e esporte

Com a ID Jovem fica assegurado o pagamento de meia-entrada – 50% do valor cobrado no ingresso ao público em geral – em eventos artístico-culturais e esportivo.

Transporte

São reservadas por viagem, duas vagas gratuitas em cada veículo, comboio ferroviário ou embarcação do serviço convencional de transporte interestadual de passageiros

Depois de esgotadas as vagas gratuitas, são reservadas mais duas vagas com desconto de 50% (cinquenta por cento), no mínimo, no valor das passagens.

O transporte tem que ser interestadual, ou seja, entre estados diferentes. Não vale para deslocamentos entre municípios ou dentro do município.
A reserva de assentos para os jovens é válida até 3 horas antes da partida do transporte. P ara mais informações acesse a seção de dúvidas, ou confira as regras contidas no Decreto 8.537/2015.


 Condições para ter direito ao benefício:



Ter entre 15 e 29 anos
O benefício vale também para não estudantes.

 

Estar inscrito no Cadastro Único do Governo Federal
Para incluir ou atualizar seus dados, procure o Centro de Referência de Assistência Social - CRAS ou o setor responsável pelo Cadastro Único da sua cidade. 

 
Estar com o Cadastro atualizado
Possuir cadastro atualizado no Cadastro Único há pelo menos 24 meses.

 
Ter renda familiar de até dois salários mínimos
A renda familiar mensal não pode ultrapassar dois salários mínimos.

 
Saber o NIS
Você precisa ter em mãos o Número de Identificação Social. Não sabe o seu? Consulte seu  Cartão Cidadão, no extrato do FGTS, na sua Carteira de Trabalho, no aplicativo da ID Jovem ou através da Caixa Economica Federal.


Como emitir

Pela Internet



Se você utiliza a ID Jovem impressa, lembre-se de imprimir o documento gerado.


Atenção: Vale para ônibus, trem e embarcação.


Com seu NIS (Número de Identificação Social), acesse o site da ID Jovem, preencha os dados que forem solicitados e gere seu cartão. Para utilizar, imprima a imagem do cartão e a apresente no momento da aquisição do bilhete ou ingresso acompanhada de documento oficial com foto.


Pelo Aplicativo para smartphones
Basta fazer o download do APP da ID Jovem, preencher o seu NIS e os dados cadastrais solicitados e gerar o cartão virtual da ID Jovem. Não é necessário imprimir, apenas apresente a imagem do cartão dentro da validade na tela de seu celular no momento da aquisição do bilhete ou ingresso acompanhada de documento oficial com foto.

Atenção:
A ID Jovem tem validade de 180 dias. Após esse período é necessário revalidar o documento em nova consulta no App ou no site.


Quer saber mais:

Nesse link Caixa Econômica Federal ID Jovem tem uma lista de perguntas e respostas para principais dúvidas sobre o ID Jovem. 



Tem direito ao benefício? então faça valer seu direito!
Read More

20 de agosto de 2017

Viagem Beleza

Cearense gosta de viajar?

Falésias Garganta do diabo, praia de Lagoa do Mato, Aracati - CE
Recentemente um vídeo de um cearense "arretado" Max Petterson Monteiro, viralizou na internet , em tom bem humorado e tipicamente cearense, ele aconselha os brasileiros a não irem para Paris no verão, pois o calor é "de rachar" e os parisienses fedem. Brincadeiras a parte ,  o fato é que fiquei me questionando, será que há muitos cearenses viajando?
Meu diário de viagens ainda é pequeno, mas as vezes que estive fora do país, encontrei muitos brasileiros e nenhum cearense, mesmo viajando pelo Brasil, não lembro de ter cruzado por muitos conterrâneos.

Esse gráfico mostra o fluxo de passageiros no aeroporto Pinto Martins em Fortaleza, comparando com aeroporto de Guarulhos em São Paulo.

É verdade que essa comparação é injusta, uma vez que Guarulhos é o aeroporto mais movimentado em números de passageiros na América Latina, enquanto que o Pinto Martins está apenas em 12° no ranking nacional, espero inclusive que a concessão do aeroporto de Fortaleza a uma empresa alemã,  favoreça os futuros viajantes.

Essa estatística tem crescido ao longo dos anos, seja pelas maiores opções de voos e destinos, seja pelo vicio que assola a alma do viajante , depois que ele descobre o quão fantástico é evoluir o espirito a cada nova viagem.


Mesmo assim percebo, que a há uma questão cultural em não ter tantos cearenses viajantes. As pessoas ainda ligam viagem a algo caro , "coisa de rico", alguns até falam de viagem como se fosse algo supérfluo e desnecessário, acreditem, já ouvi de tudo.  No entanto a industria do forró tem ganhos astronômicos, em festas de uma noite só, dos mesmo cearenses que não tem dinheiro pra viajar .Não quero criticar ninguém , há quem diga que aprende muito no forró!!
Bem cada um define suas prioridades , a minha eu sei qual é, mas e você, qual a sua prioridade?

Posta nos comentários!

E se a grana está curta, mas você quer muito viajar, aproveita e dar uma olhada nessas dicas pra usar milhas na sua próxima viagem e pagar menos ou zero de passagens. É só clicar no Link:




Booking.com



















Read More

15 de julho de 2017

Viagem Beleza

City tour no Rio de Janeiro.


Início do dia na praia de Copacabana

Escrever sobre o que conhecer em metrópoles sempre é um desafio, pois há muitas opções de passeios pra agradar a todos os perfis de turistas. Por exemplo,  pra quem gosta de aventura e vôos , com certeza vai querer ir até a Pedra da Gávea voar de asa delta, mas talvez não tenha interesse de conhecer os museus da cidade( já fui 2x ao Rio e não fui na Pedra da Gávea, também não conheci todos os museus). Como a intenção é dar dicas belezinhas pros viajantes que gostam de economizar nos seu destinos, seguem as sugestões do Viagem Beleza:

Hospedagem



Existem muitos bairros bons e boêmios no Rio, não sou muito de curtir a night, mas sempre indico - fiquem em um lugar onde possa sair a noite -, porque se você for tipo eu, que anda o dia inteiro explorando a cidade, a noite está tão morto que o máximo que dar é pra descer no elevador e entrar no restaurante, então pra você amigo, com certeza a melhor opção é ficar perto de bares e restaurantes.



Booking.com


Tive a oportunidade de me hospedar no centro da cidade e outra vez na praia de Copacabana, e vai por mim, se hospede em Copacabana, acordar e poder caminhar pelo calçadão, sentido aquela brisa da praia com toda a beleza do Rio de Janeiro, vai te inspirar, tanto quanto inspirou Carlos Drummond de Andrade , imortalizado com uma estatua no calçadão. 

É verdade que a localização é a mais cara pra locação, mas pra quem quer economizar sem perder o melhor da vida, existe uma solução...rsrsr até rimou!!
Como estávamos em quatro pessoas, aluguei um apartamento muito bom, perto de tudo e saiu por uns 40% em relação ao hotel, segue link abaixo:
Como tinha cozinha, ainda nos deu mais liberdade e economia em algumas refeições. Super aprovei e indico.

Pontos turísticos e transporte


                             

Todo mundo ver os noticiários sobre a criminalidade no rio e claro, nós ficamos com medo de sair andando por aí e acabar entrando em algum beco violento, mas o Rio de Janeiro como em outras metrópoles do Brasil e do mundo, tem as aéreas turísticas mais vigiadas pela segurança publica, isso é claro, não garante muita coisa , mas com um pouco de cautela, dar pra explorar bem a cidade. O metrô vai aos principais pontos turísticos e pra mim é sem dúvida, a opção mais econômica . Mas se você não quer arriscar ou anda com idosos e crianças, pode optar por passeios turísticos de empresas credenciadas, é bastante cômodo e há muitas na cidade, no tripadvisor.com.br, você pode ver várias excursões feitas por lá  com o nome das empresas, mas eu indico uma em especial, porque testei e aprovei, pra mim foi um dos melhores custo x benefício, a empresa é a Riomaximo, escolhemos um city tour de dia inteiro , não vou deixar o valor , porque acredito que não seja mais o mesmo, mas somando transporte, entradas, almoço e comodidade, o que pagamos, foi praticamente o que pagaríamos, se fossemos por conta e sem a mesma comodidade. 


Catedral Metropolitana de São Sebastião

Nesse city tour visitamos o Pão de Açucar, os Arcos da Lapa, o Maracanã, a Sapucaí, a Escadaria do Selaron, a Catedral Metropolitana de São Sebastião e claro o Cristo Redentor.

Escadaria do Selaron

A história da escadaria do Selaron é bem legal e apesar de ser um lugar pequeno, vale a pena apreciar a arte de rua aplicada por ele em cada peça colocada nas escadas e paredes do corredor, durante anos seguidos. 

Entardecer no Cristo Redentor
O gran finale do city tour , como não poderia deixar de ser, foi no Cristo Redentor ao entardecer. A experiência foi fantástica, como sempre muito cheio , disputamos um lugarzinho pra melhor foto.





Feira hippie de Ipanema


Gente! essa dica é de ouro tá!

Atenção amantes de decoração ou qualquer pessoa que gosta de apreciar arte popular, essa é a feira!! todo tipo de artesanato em pintura , madeira, cobre e tecidos, você encontra na Feira Hippie de Ipanema.  Se pretendem comprar alguma coisa,  levem dinheiro em espécie,pois muitos feirantes ainda não aceitam cartão, se não pretendem comprar, levem assim mesmo, porque não tem como resistir, a variedade é muito grande. 
A feira acontece na Praça General Osório em Ipanema e funciona das 7:00 às 19:00 horas todos os domingos, sem exceção desde 1968. 
Se estiver em Copacabana pega um metrô pra sair direto na feira, a estação tem o mesmo nome da praça, é bem simples.

Então pessoal espero que gostem! Os museus e centro histórico, publicarei depois em outro post, porque já escrevi demais aqui rsrs... Se quiser falar da sua experiência no Rio de Janeiro, posta aqui e compartilha sua dica belezinha!

   
   


Read More

9 de abril de 2017

Viagem Beleza

Como chegar em Machu Pichu?


Machu Picchu, eleita umas da setes maravilhas do mundo moderno é uma cidade de pedras construída pela civilização Inca no topo de uma montanha. Há relatos de possíveis descobridores, mas oficialmente foi o norte-americano Hiram Bingham que em 24 de julho 1911 apresentou a cidade perdida ao mundo. O fato é que hoje milhares de turistas atravessam o vale do Urubamba, seguindo pela margem do rio de mesmo nome para conhecer os encantos desse lugar com atmosfera especial.
Toda a dificuldade de acesso é compensada com vistas fantásticas de todos os lados que se olha, é bem verdade que acessibilidade não é o ponto forte do lugar, não há elevadores ou rampas que possam garantir acesso as pessoas com dificuldade de locomoção, espero que um dia esse cenário mude, pois um lugar como esse não pode ficar restrito a algumas pessoas, fica a dica! 

Como chegar em  Machu Picchu

Hoje pra chegar a Machu Picchu só tem duas formas, de trem partindo de Ollantaytambo até Águas Calientes(cidade no pé da montanha) ou a pé por trilhas que podem levar de 2 a 5 dias, dependendo do lugar de partida. Os dois meios passam praticamente pelo mesmo local que é as margem do rio Urubamba.
A grande maioria dos milhares de turistas que passam diariamente pela cidade perdida chega de trem. De hora em hora partem trens de Ollantaytambo que fica a 72 km de Cusco. Há uma estação em Urubamba e uma mais próximo de Cusco que é a de Poroy, como fomos em periodo de chuvas a unica estação operando normalmente era a de Ollantaytambo , a de Poroy por exemplo, só estava partindo um trem que é o mais caro de todos, uma vez por dia.

Para pesquisar as passagens, você pode entrar nos sites abaixo, das duas operadoras de trem da região:


Quanto a escolha da Companhia, não tenha medo, pode ir pelo melhor preço,  vi o trem das duas companhias e são praticamente iguais. Comprei as passagens no site da Peru Rail, achando que os trens eram melhores , que ia ter uma vista melhor, mas chegando lá vi que eram a mesma coisa, até achei os trens da Inca Rail mais bonitinhos. Quanto as categorias da Peru Rail, Vistadome x Expedition, a unica diferença percebida é o lanche que no Vistadome é melhorzinho, mas o trem, poltronas e vista do trajeto são iguais nas duas categorias. Mais uma dica, se pretende ir em baixa temporada, deixa pra comprar as passagens lá mesmo, porque quando cheguei lá, vi que tinha preços pra alguns horários por metade do valor que paguei.

Então só pra ficar Claro o trajeto do Brasil à Machu Picchu:

Voo Brasil →  Lima( ou outro País dependendo da companhia aérea) → Voo Lima → Cusco →Taxi ou ônibus para estação de trem → trem ou caminhada até Águas Calientes → Ônibus ou trilha pra subir a montanha → Uff, chegada a entrada do Sítio Arqueológico de Machu Picchu.

Chegando na entrada você pode pegar um mapa pra se orientar, mas pelo amor de nossa senhora dos viajantes, chame um guia, porque andar na cidade sem ouvir sua história, pode ser um grande erro! Na entrada ficam guias credenciados aguardando para acompanhar os turistas, se for exclusivo sai caro, mas se aguardar formar um grupo de 6 a 10 pessoas , você paga em torno de 20 soles e verá detalhes imprescindíveis da construção, descoberta e da civilização inca.

A figura abaixo mostra o mapa com os principais pontos de Machu Picchu. 


Chegamos em águas Calientes em torno de 17:00, pois queriamos dormir lá, pra ir pra Machu Picchu no dia seguinte. Assim fizemos, saímos 6:30 da manhã para o sítio, quando chegamos lá, havia muita névoa  e não dava pra ver muita coisa da cidade no alto, veja também o artigo Dar pra conhecer Machu Picchu de janeiro a março? , que fala da época que fomos. Mas foi legal porque a guia foi nos conduzindo aos pontos importantes da cidade, foi contando sua história e por volta de 10:30 terminou a visita guiada e a vista era esplendida, assim voltamos a entrada lanchamos e entramos no parque novamente pra subir mais algumas escadas e vê a dimensão do lugar, caminhamos por mais umas 2 horas. 

Abaixo tem um vídeo, bem amador tá galera, só pra vocês terem uma noção de como é o lugar.





   



Quer saber mais, então veja os outros artigos:

Stopover em Lima no caminho pra Cusco vale a pena?


Cusco, o umbigo do mundo é legal?


A mal da altitude existe mesmo?


Quanto vale nossa moeda no Peru?

O que comer no Peru?

Como chegar a Machu Pichu?


Dar pra conhecer Machu Picchu de janeiro a março? 


O que devo conhecer no caminho até Machu Pichu ?


Quanto custa ir a Machu Picchu?







Booking.com



Read More
Viagem Beleza

Quanto custa ir a Machu Picchu?

Sempre que começamos a planejar uma viagem, a primeira coisa que vem a mente é quanto vou gastar pra realização desse sonho, essa também é sempre a pergunta mais frequente dos leitores e interessados no roteiro. Sinto informar que a resposta pode ser muito relativa , pois as vezes o que é essencial pra mim pode não ser essencial pra você, no artigo Como planejar a viagem dos sonhos, falo sobre perfil do viajante, algo essencial pra quem quer ter a melhor experiência possível dentro de suas necessidades em uma viagem. 
Como o meu perfil é meio Low Cost, pois gosto de liberdade e bons preços, a economia pode depender de meses pesquisando um super preço de alguma Mega Promoção(pouco comum ultimamente), pra isso é bom se cadastrar nos sites que oferecem o serviço de alerta, segue abaixo os links dos sites que costumo acompanhar:
Mas para dar uma noção de valores a aqueles que desejam ir a Machu Picchu, vou dar uma dica belezinha pra vocês. Sou leitora assídua do site Quanto Custa Viajar  e lá é possível simular os custo de viajem pra vários lugares do mundo, a planilha precisa de uns ajustes, pois não inclui transporte, parcela importante nos gastos, mas dar pra ter uma noção dos custos.
No site ele usam 3 categorias de viajantes que são baixo custo, econômico e conforto. Aqui coloquei a planilha dos custo de viagem nas 2 primeiras categorias para Cusco com destino a Machu Picchu.

Baixo Custo
HOSPEDAGEM ALIMENTAÇÃO TRANSPORTE ATRAÇÕES TOTAL POR DIA
DIA 1 R$ 23,92 R$ 58,10 R$ 0,00 - R$ 82,02
DIA 2 R$ 23,92 R$ 58,10 R$ 0,00 R$ 125,88 R$ 207,89
DIA 3 R$ 23,92 R$ 58,10 R$ 0,00 - R$ 82,02
DIA 4 R$ 23,92 R$ 58,10 R$ 0,00 R$ 186,88 R$ 268,90
DIA 5 R$ 23,92 R$ 58,10 R$ 0,00 - R$ 82,02
DIA 6 R$ 23,92 R$ 58,10 R$ 0,00 R$ 137,50 R$ 219,51
DIA 7 R$ 23,92 R$ 58,10 R$ 0,00 - R$ 82,02
SUB-TOTAL: R$167,44 R$406,70 R$0,00 R$450,26 R$1.024,38
Passagens  R$               1.616,24
Despesas  R$                    1.024,38
 R$                    2.640,62
Econômico
HOSPEDAGEM
ALIMENTAÇÃO TRANSPORTE ATRAÇÕES TOTAL POR DIA
DIA 1 R$ 59,34 R$ 82,31 R$ 0,00 R$ 125,88 R$ 267,52
DIA 2 R$ 59,34 R$ 82,31 R$ 0,00 R$ 186,88 R$ 328,52
DIA 3 R$ 59,34 R$ 82,31 R$ 0,00 R$ 137,50 R$ 279,14
DIA 4 R$ 59,34 R$ 82,31 R$ 0,00 R$ 9,68 R$ 151,33
DIA 5 R$ 59,34 R$ 82,31 R$ 0,00 R$ 19,37 R$ 161,01
DIA 6 R$ 59,34 R$ 82,31 R$ 0,00 - R$ 141,64
DIA 7 R$ 59,34 R$ 82,31 R$ 0,00 - R$ 141,64
SUB-TOTAL: R$415,38 R$576,17 R$0,00 R$479,31 R$1.470,80

Passagens  R$                    1.616,24
Despesas  R$                    1.470,80
 R$                    3.087,04 





Essas planilhas foram retiradas do site Quanto Custa Viajar, e lá eles informam que os valores apresentados são de responsabilidade dos anunciantes. Pra quem quer um ponto de partida pra começar a planejar a viagem a Machu Picchu, só complementaria com mais uns 20% de transporte, porque só com trem de ida e volta a cidade perdida você gastará entre R$300 e R$500 e tem que deixar valor reservado aos souvenir , porque  isso não pode faltar no orçamento, não é mesmo 😉??



Espero que vocês tenham gostado e quer mais dicas? então leia os outros artigos sobre nossa viagem ao Peru:

Stopover em Lima no caminho pra Cusco vale a pena?


Cusco, o umbigo do mundo é legal?


A mal da altitude existe mesmo?


Quanto vale nossa moeda no Peru?


O que comer no Peru?


Como chegar a Machu Pichu?


Dar pra conhecer Machu Picchu de janeiro a março? 


O que devo conhecer no caminho até Machu Pichu ?


Quanto custa ir a Machu Picchu?




Read More

12 de fevereiro de 2017

Viagem Beleza

Peru, terra de história , cultura e paisagens espetaculares!

Figura 1: Imagem de um cartão postal de Machu Picchu ao entardecer.
Figura 2: Fotografia feita por mim da mesma paisagem, com imaginação
 é possível perceber o rosto de um homem demarcado no horizonte
 das montanhas nas duas fotos.  

É bem verdade que quando falava pra alguém que ia conhecer Machu Picchu ouvia com frequência : __ Legal! você vai ao Chile?? __ Bem eu mesma no passado já fiz essa confusão , acredito que isso se deva a proximidade entre os dois países além da diversidade histórica e cultural semelhantes em alguns pontos, mas não se enganem o Peru é um país fantástico e isso não se deve apenas a Machu Picchu (Uma das maravilhas do mundo), a cultura de seus antepassados é muito bem preservada a medida que imergimos em suas terras mais remotas e a história de suas batalhas são orgulho de seu povo, por sinal que povo maravilhoso, por onde quer que passamos sempre encontramos pessoas simpáticas e solicitas dispostas a ajudar.
Mas vamos ao que interessa, muitos conhecidos compartilham do mesmo desejo que tínhamos eu e meu marido de conhecer essa maravilha e a medida que começamos a postar as fotos, muitos começaram  a fazer perguntas, então com intuito de facilitar a vida dos futuros viajantes, fiz alguns posts em formato de perguntas logo abaixo (quem quiser saber sobre o assunto é só clicar na pergunta): 

Stopover em Lima no caminho pra Cusco vale a pena?


Cusco, o umbigo do mundo é legal?


A mal da altitude existe mesmo?


Quanto vale nossa moeda no Peru?


O que comer no Peru?


Como chegar a Machu Pichu?


Dar pra conhecer Machu Picchu de janeiro a março? 


O que devo conhecer no caminho até Machu Pichu ?


Quanto custa ir a Machu Picchu?




Se surgir mais dúvidas sobre esse roteiro , posta nos comentários, vou tentar ajudar! E quem foi também diz o que achou!

Ah pessoal! Em breve teremos também videos de nosso roteiro no Peru no canal do ViagemBeleza no Youtube!



Read More
Viagem Beleza

Quanto vale o real no Peru?




Gente! Essas são dicas de janeiro de 2017, estão atualizadas, então atenção:


  1. Não troque o novo sol pelo real no Brasil ou se não quiser chegar totalmente sem dinheiro no Peru, troca real por dólar, só pra chegar em Cusco, porque em Lima a cotação é praticamente a mesma do Brasil, semana passada em torno de 0,86 novo soles para cada 1 real. 
  2. Já na plaza del armas de Cusco encontrei vários casas de cambio pequenas pagando 0,97 novo sol por 1 real, ou seja quase 1 por 1 o que nos deu uma economia grande , nunca havia retornado com dinheiro de uma viagem, rsrsr!
  3. Como o dólar está baixando no Brasil está compensando pagar  hotéis com dólar , porque a maioria não aceita real e na conversão de dólar para novo sol, você acaba perdendo também.
  4.  Então se o dólar continuar caindo e você tiver viagem pro Peru nos próximos meses, pode levar a moeda americana sem medo , porque ela é  muito bem aceita no País.
  5. E não deixa de levar real pra trocar por novo sol em Cusco, em restaurantes e passeios sempre negocie, pois tudo lá sempre acaba tendo desconto, é mais fácil negociar em novo sol. 
   



Booking.com


Read More
Viagem Beleza

Dar pra conhecer Machu Picchu de janeiro a março?


Esse foi meu grande receio durante toda viagem, pegar avião , ônibus e trem e chegar na cidade perdida e não vê nada por causa das chuvas e da nevoa comum nessa época do ano. Durante os 30 dias antes da viagem olhava a meteorologia todo dia e só havia chuva , mas fui com fé e não é que lá descobri que não é bem assim. As chuvas não são tempestades, mas chuvisco, que costumam acontecer com maior frequência a tarde e a noite, realmente o sol não vi, mas a névoa não atrapalhou em nada o passeio que só ficou com um ar maior de mistério.
A dica que dou é que, se pretende vê o nascer do sol esqueça, porque no inicio do dia a nevoa geralmente cobre tudo. A foto acima foi tirado assim que chegamos ao parque por volta das 7 da manhã e não víamos nada da cidade, somente nevoa. Mas logo que chegamos pegamos uma guia pra nos mostrar o principais pontos do parque e ela nos disse que não se preocupasse que até meio dia a nevoa subia e veríamos tudo! Falou a voz da experiência , pois 09:30 da manhã as imagens já eram fantásticas(foto ao lado)! Por sinal super recomento ir cedo, porque por volta das 10:00 da manhã o parque começa a ficar lotado e aí você não tem mais nenhum lugar só seu e olha que fomos no inicio de fevereiro, considerado baixa temporada. Outra dica, não vai com pressa, o lugar é lindo demais e merece até um dia inteiro de apreciação, vale muito a pena você sentar na grama e ficar admirando e refletindo sobre como tudo aquilo pode ter sido construído no topo de uma montanha em uma época tão remota. Mais uma dica, não se canse de subir escadas, quando você acha que já encontrou a imagem perfeita, suba um pouco mais e verá uma infinidade de outras belas paisagens!

Então se você poder agendar sua viagem para os meses de junho ou julho vai encontrar sol e festas locais comemorando sua presença, além de pontos estratégicos na cidade Inca pra vê-lo, mas se só pode ir de janeiro a março, não se preocupe, Machu Picchu parece ser um espetáculo de beleza o ano inteiro.


Que ir ao Peru? então veja esses outros artigos:

Stopover em Lima no caminho pra Cusco vale a pena?


Cusco, o umbigo do mundo é legal?


A mal da altitude existe mesmo?


Quanto vale nossa moeda no Peru?


O que comer no Peru?


Como chegar a Machu Pichu?


Dar pra conhecer Machu Picchu de janeiro a março? 


O que devo conhecer no caminho até Machu Pichu ?


Quanto custa ir a Machu Picchu?



Read More

Redes Sociais

Follow by Email